Serra Catarinense Pontos Turisticos

Serra Catarinense Pontos turísticos Urubici   Urubici é um município do estado de Santa Catarina, no Brasil. Localiza-se a uma latitude 28º00’54” sul e a uma longitude 49º35’30” oeste, estando a uma altitude de 915 metros. Sua população estimada em 2010 era de 10 702 habitantes. Possui uma área de 1019,1 km². No cume do Morro […]

Serra Catarinense

Pontos turísticos Urubici

 

Urubici é um município do estado de Santa Catarina, no Brasil. Localiza-se a uma latitude 28º00’54” sul e a uma longitude 49º35’30” oeste, estando a uma altitude de 915 metros. Sua população estimada em 2010 era de 10 702 habitantes. Possui uma área de 1019,1 km². No cume do Morro da Igreja (1.822 metros), o ponto mais alto habitado do sul do Brasil, localizado no município, foi registrada, extra-oficialmente, a temperatura mais baixa do país: −17,8°C, em 29 de junho de 1996. Urubici também é conhecida pelas suas diversas belezas naturais, estando incluída no Caminho das Neves.

Localizada no fértil Vale do Rio Canoas, Urubici, a Terra das Hortaliças, é o maior produtor de hortifrutigranjeiros de Santa Catarina. Também se destaca pelo cultivo de maçã, especialmente com a variedade gala, considerada a melhor de toda a região serrana. Outro aspecto importante é o cultivo de erva-mate, produto básico do tradicional chimarrão, e apreciado nos países do Mercosul. Com paisagens muitas vezes comparada à Europa, Urubici está situada no ponto mais elevado de Santa Catarina. Inúmeras as cascatas revelam o respeito que a população local tem por sua terra, percebido pela preservação desses locais de grande beleza. Um exemplo é a Cascata do Avencal, com água despencando em queda-livre a mais de 100 metros de altura.

Outro local de destaque é o Morro da Igreja, com 1 822 metros de altitude, que permite enxergar todo o Litoral Sul Catarinense [carece de fontes]. Nesse morro, chama a atenção a Pedra Furada, uma verdadeira escultura natural em forma de janela, ligando formações rochosas a exuberantes e preservadas matas nativas. Outros atrativos turísticos são as inscrições rupestres dos tempos das cavernas, na Serra do Corvo Branco, a Gruta Nossa Senhora de Lourdes e a Igreja Matriz Nossa Senhora Mãe dos Homens. (fonte: wikipedia)

As montanhas da Serra Catarinense, região com altitudes próximas aos 1 800 metros, registram as temperaturas mais baixas do Brasil. Foram os fazendeiros da região que criaram o turismo rural, adaptando suas fazendas centenárias para receber hóspedes. Os serranos encantam os visitantes com a hospitalidade calorosa, a comida farta e deliciosa e a oferta de atividades ao ar livre, como as cavalgadas, que rapidamente sintonizam o visitante com a natureza.

A Serra Catarinense é a região mais fria do Brasil, sendo o único lugar do país onde neva todos os anos, mesmo que por poucos dias, durante o inverno. A paisagem de araucárias, campos e taipas (muros de pedra basalto) cobre-se inteiramente de branco e até as águas das cachoeiras podem congelar. Cascata do Avencal é um ponto turístico da cidade, possui queda de água de cem metros, é bastante utilizada para a prática do rapel. Fazendas centenárias, a cultura gaúcha, a culinária campeira, cavalgadas e visões bucólicas de povoados rurais complementam o cenário da natureza agreste da Serra Catarinense.

O frio e a paisagem de pinheiros, vastos campos com gado pastando e grandes cânions são um cenário curioso e surpreendente num país majoritariamente tropical como o Brasil – mesmo no verão, a apenas 100 quilômetros do litoral, sente-se o clima de montanha. Cavalgar em paisagens montanhosas e depois descansar em frente ao fogo de chão, degustando a comida local, são programas típicos da Serra Catarinense.

Pontos Turísticos Urubici na Serra Catarinense, famoso  Morro da Igreja, a Cascata Véu de Noiva, Gruta Nossa Sra de Lourdes, Morro do Oderdeng, Campo dos Padres, Cachoeira do Vacariano, Caverna Rio dos Bugres, Arroio do Engenho e Rio Sete Quedas.